quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Ecalc Software disponibiliza informações sobre novas versões de sistemas em seu site

A Ecalc Software anunciou a disponibilidade em seu site de informações sobre as atualizações de seus sistemas. As informações disponíveis envolvem detalhes sobre novas versões, correções e otimizações na linha de ferramentas para automação no processo de gerenciamento orçamentário, produtivo, financeiro e administrativo da empresa.

Para ter acesso às atualizações, basta o usuário clicar no link “Versionamento” no rodapé do website, e, depois, na opção 2016 e no mês da versão de interesse. Depois, basta acessar o número de identificação da versão e, então, as informações mais importantes sobre o produto / versão específicos aparecerão na tela. Para saber mais, acesse: www.ecalc.com.br


Últimas vagas para webinar sobre mídias para Pontos de Venda promovido pela EFI

Os profissionais do mercado de Comunicação Impressa poderão aproveitar para expandir seu conhecimento no webinar gratuito de conceitos e tendências em mídias para PDVs promovido pela EFI, no dia 5 de outubro, às 10:30 da manhã. Apresentado pelo gerente de vendas da linha Inkjet, Carlos Henrique Leão e o diretor de vendas para América Latina, Ernande Ramos, a conferência online será transmitida para toda América Latina. Inscrições no link: http://migre.me/uZnXj.#sthash.oVcxvn8B.dpuf.

Trazendo ideias originais e criativas para incrementar o lucro das empresas por meio de displays para ponto de venda, os executivos mostrarão soluções e equipamentos que impulsionam os negócios no setor. “O portfólio da EFI foi desenvolvido para ajudar o cliente a vencer a concorrência. Vamos aproveitar o espaço do webinar para mostrar nossas soluções e tirar as dúvidas mais frequentes”, disse o diretor de vendas para América Latina, Ernande Ramos.

Os equipamentos EFI aceleram a produção de peças diferenciadas que agregam valor ao ponto de venda em curto espaço de tempo. Durante uma hora, os dois executivos mostrarão tecnologias inovadoras desenvolvidas para otimizar a qualidade e a agilidade neste segmento em forte ascensão.




Suzano Papel e Celulose cria Diretoria Executiva de Inovação e Novos Negócios

A Suzano Papel e Celulose anuncia a criação da Diretoria Executiva de Inovação e Novos Negócios, que traz ainda mais foco e peso para o tema dentro do processo de transformação pelo qual passa a companhia. Sob a responsabilidade de Renato Tyszler, que anteriormente ocupava o cargo de diretor de Operações e Marketing, estarão contemplados na nova organização projetos relacionados a Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e Inovação, entre eles EucaFluff, Tissue e Lignina, além de Planejamento Estratégico e Novos Negócios que venham a ser desenvolvidos.

A nova diretoria tem como objetivo fortalecer e consolidar o pilar estratégico de Negócios Adjacentes. Nele, a Suzano desenvolve modelos escaláveis de negócios que tenham potencial para extrair valor de sua base de ativos como, por exemplo, a FuturaGene e a atuação nos segmentos de fluff, lignina e tissue.

Os outros dois pilares estratégicos da Suzano são: Competitividade Estrutural, a partir do qual a companhia busca a evolução contínua em todas as suas operações; e o Redesenho da Indústria, que envolve a constante avaliação de possibilidades e oportunidades de sinergias no mercado para maior criação de valor.


Renato Tyszler é formado em Administração pela PUC/RJ, com MBA pela University of Southern California (Marshall School of Business). Desenvolveu sua carreira em empresas como Xerox, Embraer e Western Union. Na Suzano ingressou em 2009, atuou como Gerente Executivo de Controladoria, Diretor de Controladoria e Gestão de Desempenho, e nos últimos dois anos como Diretor de Operações e Marketing.

Evento evidenciará força da mídia impressa

Com o tema A Comunicação impressa é surpreendente desde sempre, o 2o Summit de Comunicação reunirá no dia 4 de outubro agências de publicidade, clientes e veículos de mídia para disseminar informações, tendências, cases de criações impressas inovadoras e vencedoras, mostrando a importância da comunicação impressa sob a perspectiva da efetividade junto ao consumidor. O evento será realizado das 8h30 às 18h, no Hotel Pullman Vila Olímpia. Inscrições no link:http://www.summitdecomunicacao.com.br/

O evento, patrocinado pelo Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (SINDIGRAF-SP), com apoio da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (ABIGRAF-SP) e ABIGRAF Nacional, foi concebido para as áreas de criação, mídia, produção gráfica de agências de publicidade e profissionais de marketing. 

“Entre outros temas, vamos discutir porque a avaliação dos resultados da mídia impressa tem sido melhores do que a percepção do mercado”, comenta Levi Ceregato, presidente SINDIGRAF-SP e da Abigraf Nacional.

Pesquisas realizadas no Brasil e no exterior apontam que a comunicação impressa apresenta alto índice de confiança, de preferência dos leitores e de conversão de compra.
Estudo do instituto americano de pesquisa MarketingSherpa, publicado no final do ano passado, revelou que 47% dos usuários de Internet entrevistados preferem a publicidade impressa. Esta ficou 10 pontos à frente de publicidade enviada por email via smartphone e acima, também, de publicidade via rádio ou mensagem de texto.

Resultados de pesquisa conduzida pela empresa inglesa Wilmington Millennium e publicados no início deste ano vão na mesma linha. Quarenta e oito por cento dos entrevistados afirmaram que mala direta é uma boa forma das empresas se comunicarem com eles, o que representa um crescimento de 7% em relação à pesquisa similar conduzida em 2014.

Entre os jovens, o impresso também é sucesso. Publicada no início deste ano, pesquisa realizada pelo professor de linguística Naomi Baron, da American University, concluiu que 92% dos estudantes universitários entrevistados preferem o livro impresso aos e-books.

“Definitivamente, a comunicação impressa é uma das maneiras mais eficazes de se conectar com os clientes”, conclui Ceregato.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Agfa anuncia novas conquistas em premiações nacionais e internacionais

            Impressora Anapurna H3200i está entre as soluções premiadas da Agfa

A Agfa segue seu caminho de conquistas e reconhecimentos no ano de 2016. Mais prêmios foram anunciados nas últimas semanas no Brasil e no exterior, que atestam a qualidade das soluções Agfa oferecidas aos clientes de todo o mundo.

O 15º Prêmio Graphprint premiou novamente a Agfa como a melhor fornecedora em Chapas Offset. Outros dois importantes prêmios nacionais foram recebidos pela Agfa. Um deles é o 5º Prêmio de Excelência Gráfica Vinicius Viotto Coube, organizado pela Abigraf Seccional Bauru. Participaram da premiação 39 trabalhos de 13 empresas da região de Bauru, interior de São Paulo. A Agfa venceu em Chapas Offset. Já no 8º Prêmio Norte/Nordeste de Excelência Gráfica "José Cândido Cordeiro" foram dois prêmios: Equipamentos de Pré-impressão e de Chapas Offset.

Para o gerente de marketing da Agfa na América Latina, Eduardo Sousa, as premiações engrandecem a visão da empresa em fornecer as soluções que os clientes necessitam: "Temos uma trajetória de sucesso no Brasil. Vencer todas as 15 edições do Prêmio Graphprint é a maior prova de que a qualidade de nossas soluções é constantemente aprimorada levando em conta as transformações de nossa indústria."

Na SGIA Expo 2016, a Agfa foi internacionalmente reconhecida. Foram três soluções consideradas "Product of the Year" pelo segundo ano consecutivo. A nova Anapurna H3200i venceu na categoria Híbrida UV ($100-500 mil); a Jeti Mira foi a premiada em UV Flatbed ($200-500 mil) e a Jeti Tauro venceu o prêmio principal na categoria Classe de Produção de Alto Volume Híbrida UV. O "Product of the Year" tem como objetivo reconhecer novos equipamentos e insumos disponíveis no mercado que fazem a indústria avançar. A Agfa Graphics venceu um total de sete prêmios "Product of the Year" desde sua primeira inscrição no ano de 2014.

A impressora híbrida Anapurna H3200i LED 3,2m oferece cura LED UV refrigerada por ar e permite a impressão de uma vasta gama de mídias. O sistema apresenta uma construção sólida, carregamento de mídia RTR de fácil manuseio, assim como rápido sistema de preparação, economia de energia e gastos gerais operacionais reduzidos.

Já a Jeti Tauro com automação 3/4 tem seis cores + branco e largura de 2,5m, com sistema híbrido UV posicionado para alta tecnologia para o mercado de sign e display com velocidades de até 275 metros quadrados por hora. A Jeti Mira é indicada para pesadas cargas de trabalho industrial. Ela apresenta verniz opcional e Tecnologia 3D Lens que produz um efeito envernizado em três dimensões sem a necessidade de substratos lenticulares. A tecnologia com o sistema "imprima e prepare" permite rápido carregamento de mídia enquanto a impressora está em operação. A Jeti Mira tem seis cores mais branco com primer ou verniz opcional.


Equipamento Xerox proporciona crescimento da PHD Formatura

Hugo Barros, gerente de produção da PHD Formatura: “No processo tradicional, a produção levava em média uma semana, e com a X-1000 conseguimos reduzir este tempo a um dia. Eles também ficaram com a qualidade e apresentação final muito mais nobres, outra vantagem em relação ao processo anterior.”

Com atuação no mercado de produção de álbuns de formaturas, a PHD Formatura esteve no Centro de Soluções Xerox, em Barueri, São Paulo, conhecendo o portfólio de equipamentos da Xerox voltado para impressão digital no segmento de fotografia.

Na ocasião, o gerente de produção da PHD Formatura, Hugo Barros, contou que a impressora digital Xerox X-1000 potencializou o crescimento da empresa, que atua há oito anos nesse mercado, e hoje está presente em vários estados.

Há quatro anos, quando adquiriu a primeira X-1000 da Xerox, a PHD Formatura conseguiu inovar, oferecendo no mercado de formaturas o álbum impresso frente e verso. Para Barros, a agilidade de produção da X-1000 foi um grande diferencial para o negócio da empresa, que tem foco no segmento fotográfico.

Com a expansão dos negócios e o aquecimento do segmento de formaturas de ensino superior e médio, a PHD investiu em outra X-1000, equipamento que, de acordo com a Xerox, gera uma economia de 50% quando comparada à produção de fotografias no processo tradicional. “A capacidade de produção de uma impressora X-1000 corresponde a quatro minilabs de produção tradicional”, explicou Jander Ledres, gerente de Canais da Xerox para a divisão de fotografias.

Segundo o gerente da PHD Formatura, a média de produção mensal da empresa é de 400 mil fotos em A3, o equivalente a 800 mil fotos em A4. Desses, 80% dos álbuns são produzidos nos formatos 30x40, e 20% no formato 24x30. No Centro de Soluções da Xerox, Barros testou a iGen, equipamento de produção digital também voltado para a indústria gráfica. 

“O mercado de fotografia e produção de álbuns para formaturas tem crescido nesses últimos anos, e a tendência é expandir mais, pois acompanha o aumento do número de alunos que ingressam a cada ano nas universidades. A inovação em produtos, como calendários, canudos de formaturas, revistas, capa dura, além de Kit Box, também possibilita ampliar as formas de lucrar”, afirma Barros.


CMPC contrata a Voith para o fornecimento de uma nova máquina Tissue

A CMPC assinou contrato com a Voith Paper para o fornecimento de uma máquina completa de papel tissue de dupla largura VTM4, que será instalada na nova unidade fabril de sua filial Protisa, em Cañete, no Peru. O escopo do fornecimento engloba máquina completa com tecnologias TissueLev, preparada para a instalação do ATMOS, incluindo equipamentos do sistema de aproximação, caixa de entrada MasterJet T, CrescentFormer, prensa de sapata NipcoFlex T, enroladeira MasterReel com sistema para troca automática de bobinas, sistemas de automação DCS (Distributed Control System), MSC ((Machine Control System) e QCS (Quality Control System), além do comissionamento e start up.

O projeto será fornecido na modalidade PLP - Process Line Package, em que a Voith se responsabiliza pela contratação e gerenciamento do fornecimento de equipamentos e serviços necessários ao funcionamento da máquina. O início da operação da nova máquina, planejada para produzir até 55 mil toneladas ao ano e rodar na velocidade de 2 mil metros por minuto, está previsto para janeiro de 2017.

“A atuação da Voith Paper, focada em desenvolver soluções e tecnologias que agregam valor ao negócio do cliente, contribuiu para que a empresa fosse escolhida para ser parceira nesse projeto estratégico de expansão da CMPC, com a construção da nova fábrica para papéis Tissue no Peru.”, observa Flávio Silva, presidente da Voith Paper América do Sul.


Voith Paper é uma divisão do Grupo Voith. Através de constantes inovações, a Voith Paper está otimizando o processo de fabricação de papel com seu foco no desenvolvimento de produtos que economizam recursos, reduzindo dessa forma o consumo de energia, água e fibras. Além disso, a Voith Paper oferece um amplo portfólio de serviços para todas as seções do processo de fabricação de papel.