segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Prazo extra: editores ganham mais tempo para entregar respostas da Pesquisa Fipe


Foi estendido o prazo para a entrega do questionário da Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro ano-base 2017. 

As editoras terão até o dia 02 de março para participar do diagnóstico sobre a produção editorial brasileira realizado anualmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a pedido da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Até o momento, mais de 90 editoras já responderam ao questionário da pesquisa.  

Qualquer dúvida, a editora deve entrar em contato com Mariana Bueno, preferencialmente pelo e-mail cbl-snel@fipe.org.br, ou pelo telefone (11) 3091-5823, entre 14h e 18h.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Henkel anuncia Manuel Macedo como novo Presidente para América Latina

A Henkel acaba de nomear Manuel Macedo como Presidente da companhia para a região da América Latina.  O novo cargo do executivo português será adicional às funções atuais de Presidente da Henkel no Brasil e vice-presidente da unidade de negócios de Adhesive Technologies para América do Sul. 

Macedo iniciou sua trajetória na Henkel em Portugal, no ano de 1994 na área de Laundry & Home Care. Em 2003, foi expatriado para o México, onde assumiu a unidade de Adesivos de Consumo. Nos anos seguintes, comandou a unidade de Adesivos no Chile, onde também atuou como CEO. Desde 2012, Manuel está no Brasil. No País, Manuel assumiu a vice-presidência de Adesivos de Consumo e desde outubro de 2015, é presidente da Henkel no Brasil. 


Formado em Administração de Negócios na Universidade Técnica de Lisboa, com MBA em Estratégia Industrial, Manuel é fluente em cinco idiomas e acumula vivência em nove países diferentes. “Estou muito honrado em assumir o desafio de liderança da Henkel na América Latina. A região é foco de crescimento da empresa e tem um potencial de expansão significativo”, declara Manuel Macedo.

Sun Chemical e DIC Corporation adquirem a Luminescence Holdings Ltd.

A Sun Chemical e sua empresa matriz, DIC Corporation, adquiriram a Luminescence Holdings Ltd., um fabricante de tintas para moedas, selo de autenticidade, passaportes, cartões de identidade, documentos de segurança e tintas de proteção de marca para o mercado de impressos de segurança.


Com a aquisição da empresa, que possui sua sede no Reino Unido, a Sun Chemical aumentará sua participação no mercado de impressos de segurança. Combinando o portfólio de produtos da Luminescence com o alcance da Sun Chemical, os clientes se beneficiarão com um fornecedor verdadeiramente global. A aquisição cria uma plataforma de crescimento para a Sun Chemical no mercado de tintas de segurança no valor de US$ 2,7 bilhões.  "A Luminescence tem uma reputação fantástica no mercado de impressos de segurança nos quesitos de tecnologia e serviços", disse Felipe Mellado, Chief Marketing Officer da Sun Chemical. "A Sun Chemical possui as maiores capacidades para Pesquisa & Desenvolvimento do mundo no mercado de tintas. O que estas duas empresas reúnem tem como resultado um fornecedor global verdadeiramente interessante, que irá fortalecer ainda mais nosso serviço aos clientes“.

Suzano Papel e Celulose anuncia acordo para comprar madeira e terras da Duratex em São Paulo

A Suzano Papel e Celulose anuncia a assinatura de um acordo de aquisição de madeira e terras pertencentes à Duratex no estado de São Paulo. O Contrato de Compra e Venda de Ativos Florestais, de Compromisso de Compra e Venda de Imóveis Rurais e de Opção de Compra envolve, inicialmente, a compra de 9.500 hectares de áreas rurais e 1.200.000 m³ de florestas existentes na central do estado de São Paulo. A transação está estimada em R$ 308,1 milhões.

Na mesma negociação, foi formalizada uma opção de compra, a favor da Suzano, de mais aproximadamente 20.000 hectares de áreas rurais e 5.600.000 m³ de ativos florestais, em uma operação avaliada em R$ 749,4 milhões. A opção de compra pode ser exercida de forma exclusiva pela Suzano até 2 de julho de 2018.

“Essa aquisição nos permite reduzir o raio médio da área que abastece a Unidade Limeira (SP) e, ao mesmo tempo, pode sustentar um potencial projeto de expansão de produção de celulose em São Paulo”, explica Walter Schalka, Presidente da Suzano Papel e Celulose. 

Com a operação, a Suzano amplia a sólida base florestal que possui na região central do estado de São Paulo, esta já composta atualmente por um excedente de 61.000 hectares.
A conclusão da operação está sujeita a determinadas condições usuais para este tipo de 
acordo, incluindo a aprovação pelo Conselho 

hubergroup Americas anuncia aumento de preços para tintas e vernizes

A hubergroup anunciou que, a partir de 12 de fevereiro de 2018, aumentará os preços de todas as tintas e vernizes em 8% nas Américas do Norte, Central e do Sul.


De acordo com Derek McFarland, presidente da empresa nas Américas, o ajuste de preços é necessário devido ao aumento dos custos globais das principais matérias-primas, incluindo óleos e pigmentos. “A escalada de custos vem acontecendo há algum tempo e tomamos medidas para mitigar os efeitos. No entanto tornou-se necessário passar alguns desses aumentos de custos aos nossos clientes ", disse McFarland.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Dobradeira da Heidelberg proporciona aumento de até 50% de produtividade

esq./dir.: Reisner Martins, Gerente de Produção e Valter Candido, Chefe de Acabamento, ambos profissionais da Casa Publicadora Brasileira

A Casa Publicadora Brasileira, classificada como a maior editora dos adventistas no mundo em vendas e em produção de materiais, é uma das mais tradicionais e antigas do país. Fundada em 1900 no Rio de Janeiro, posteriormente instalou-se no Rio Grande do Sul e Santo André, em São Paulo, até estabelecer-se na cidade de Tatuí, interior de São Paulo, em 1985, e lá permanece até hoje, em um terreno com mais de meio milhão de metros quadrados. Sua área construída mede 28.000 m².

Uma das 63 editoras pertencentes à Igreja Adventista do Sétimo Dia, muitos livros estão editados em mais de 200 línguas e dialetos. No Brasil, são produzidos anualmente centenas de títulos entre didáticos, paradidáticos, revistas, livros sobre saúde, família e religiosos que são distribuídos em todos os cantos do país. Para se ter uma ideia do alcance da produção da CPB, o consumo mensal de papel é de cerca de 700 toneladas.

Com 630 colaboradores, a editora tem mais de mil títulos no portfólio. É evidente que uma produção desse porte exige um parque gráfico à altura e a CPB mantém sua alta qualidade e produtividade em parceria com a Heidelberg, pois tem dezenas de equipamentos da marca, entre impressoras e máquinas de acabamento. Aquisição recente, a dobradeira KH-82, com ajuste totalmente automático e alimentador de palete tornou-se um dos grandes destaques da Casa Publicadora Brasileira. Em abril deste ano foram instadas na editora duas dobradeiras, modelos KH-82 e TH 56, com ajustes totalmente automáticos.

“Depois da instalação da dobradeira KH 82, que foi configurada com alimentador de palete, acerto totalmente automático na unidade de dobras paralelas e na unidade de dobra cruzada, conseguimos constatar, em poucos meses, o aumento da quantidade de cadernos editoriais dobrados em até 50%, comparado às demais dobradeiras”, fala José Carlos de Lima, diretor-superintendente da Casa Publicadora Brasileira.

“A aquisição das dobradeiras visava reduzir o tempo de acerto com aumento de produtividade. Essa aquisição fez com que o cliente migrasse de equipamentos semiautomáticos para dobradeiras com ajustes automáticos, tornando o departamento de dobras mais eficiente. Outro objetivo da CPB era realizar a produção de cadernos editoriais com apenas um operador”, explica Alexandre Machado, gerente comercial da Heidelberg.


A satisfação com o equipamento levou a empresa a adquirir recentemente uma outra dobradeira KH 82 automática com alimentador de palete e saída palamides Alpha 500 Hd. “Esse cliente demonstra que investimentos realizados na área de acabamento aumentam a eficiência e propiciam um processamento rápido do material impresso”, finaliza Machado.

EFI reserva novidades e lançamentos para Connect 2018

Repleto de novidades, lançamentos e tendências do universo da impressão digital, o EFI Connect reunirá uma vasta exposição de equipamentos e softwares e intensa programação de palestras ministradas por grandes nomes da indústria. Nesta edição, a conferência acontecerá entre os dias 23 e 26 de janeiro de 2018, no hotel Wynn, em Las Vegas.

Durante os quatro dias, os participantes encontrarão um programa com mais de 100 sessões sobre temas diversos como: papelão ondulado, embalagens, softwares de gestão, soft signage, entre outros, além da ampla exposição comercial de soluções e equipamentos EFI. O programa de palestras está disponível no site www.efi.com/connect e conta com a presença de ministradores como o CEO da Rafael Hinojosa, Eric Bacourt, e o autor do livro ‘Unsquaring the Wheel’, Dr. Joe Webb.

Além do contato direto com especialistas, o evento é um momento único de networking com colegas da indústria gráfica e de impressão. Contando com a presença de profissionais de cerca de 40 países, muitos novos negócios são realizados e ideias inovadoras surgem em conversas e bate-papos com os profissionais mais influentes do mercado.


Registrando recorde de público na última edição, em janeiro desse ano, a EFI espera ampliar a visitação latino-americana. As inscrições ainda estão abertas, pelo site http://www.efi.com/connect/registration/. Inscrições: http://www.efi.com/connect/registration/